1º SEMINÁRIO DE POLÍTICAS ANTIDROGAS NA UFRRJ | TR Revista

1º SEMINÁRIO DE POLÍTICAS ANTIDROGAS NA UFRRJ



Com o auditório da UFRRJ lotado, a Prefeitura de Três Rios realizou na manhã de sábado (5) o 1º Seminário de Políticas Antidrogas do município.

Sociedade civil, autoridades da segurança pública, religiosos, estudantes, professores e membros dos conselhos municipais de saúde, educação e promoção social estiveram presentes ao evento, que além de apresentar o plano de ação do projeto "Três Rios de Mãos Dadas Contra as Drogas", ainda contou com a palestra do delegado e  ex-chefe da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, atual comentarista da Rede Globo em segurança pública, Dr. Fernando Veloso.

O projeto se constitui, inicialmente, de três fases:

- 1ª fase: tem como foco principal a prevenção contra o uso das drogas, atingindo às crianças, adolescentes e os alunos das escolas públicas e particulares, através de palestras, aplicativos, cartilhas, atividades culturais e esportivas, com a utilização da tecnologia e maior interatividade.

- 2ª fase: além da conscientização nas escolas, o projeto contempla a construção do ESPAÇO LAR, um local temporário para abrigar moradores de rua com problemas de dependência química (álcool e drogas) cadastrados no Projeto Resgatando Vidas e que já estejam no processo de estágio ou trabalho. O assistido vai trabalhar durante o dia e terá um local para tomar banho, jantar, interagir com outros integrantes e dormir em segurança.

Outra ação importante será o programa PLANTANDO VIDAS, uma horta onde serão cultivados legumes e verduras pelos integrantes do projeto para consumo nas escolas e também no Espaço Lar. O Projeto terá também uma banca itinerante para venda nas feiras da cidade.

Outra vertente de atuação será a ZELADORIA AMIGA, que tem como objetivo fazer com que os moradores de rua sejam treinados para exercer funções de jardinagem e manutenção de praças, sendo supervisionados e orientados pela equipe do Projeto Resgatando Vidas. O objetivo é proporcionar uma qualificação para estas pessoas com oportunidade de trabalho.

O Projeto tem também como prioridade incentivar os assistidos a estudar e regularizar sua escolaridade através do CEJA - Centro de Educação de Jovens e Adultos e oferecer cursos profissionalizantes em diversas áreas. Assim, além de promover a qualificação profissional, irá auxiliar no tratamento contra a dependência química.

- 3ª fase: o objetivo futuro é a construção de um espaço chamado CENTRO DE ATIVIDADES RESGATANDO VIDAS, onde, no mesmo local, serão oferecidas atividades esportivas, área de plantio e área de tratamento, além de atendimento específico com psicólogos, assistentes sociais e médicos, área de alimentação, dormitório e cursos profissionalizantes.

O prefeito apresentou o projeto, explicando cada fase e o objetivo do município com o programa. "O cuidado com as pessoas é nossa maior prioridade, com este projeto vamos enfrentar o problema das drogas com ações de acolhimento, conscientização, qualificação profissional e principalmente trabalho de prevenção com crianças e jovens. Vamos mudar o conceito de enfrentamento por meio da força e da punição, lidamos com uma doença que precisa ser tratada com dedicação, amor e fé", afirmou Josimar Salles. Durante o evento foi apresentado também o mascote do programa, que representa um jovem super-herói no combate às drogas. Para escolher o nome do personagem, a prefeitura irá realizar um concurso nas escolas e nas redes sociais. Além disso, uma música também será composta pelos alunos para acompanhar o mascote durante as visitas às unidades escolares e eventos.

Em sua fala, Fernando Veloso se mostrou surpreso com a iniciativa do poder público. "Hoje ficou claro que a prefeitura está realmente comprometida com este grave problema, que atinge todos os setores da sociedade. Um dos pontos mais importantes deste projeto, além do aspecto educativo e social, é a integração dos diversos setores da administração pública: saúde, educação, cultura, esporte, segurança e promoção social. Estou muito feliz com o que vi aqui hoje e espero que esse projeto seja um sucesso e sirva de exemplo para outros municípios, e quem sabe, se torne uma política pública de combate às drogas em todo o Brasil", afirmou.

Estiveram presentes ao evento e compondo a mesa, o comandante do 38º Batalhão de Polícia Militar, Ten. Cel. Márcio Guimarães, os secretários municipais de educação e saúde, Hélida Siqueira e Gilberto Golfeto, respectivamente, o subsecretário de promoção social, William Machado, o deputado federal, Celso Jacob, a coordenadora de saúde mental do Município, psicóloga Andrea Zanata, o coordenador do Projeto Resgatando Vidas, Rafael Rapozo,  e o prefeito do município, Josimar Salles.