COMUNIDADE AJUDARÁ NA REFORMA DAS ESCOLAS MUNICIPAIS | TR Revista

COMUNIDADE AJUDARÁ NA REFORMA DAS ESCOLAS MUNICIPAIS



O novo governo do município vai contar com o apoio da sociedade para reformar as escolas da rede municipal de ensino. A decisão foi anunciada durante reunião realizada nesta terça-feira (10), entre os   diretores dos estabelecimentos de ensino e a secretária Hélida Siqueira. Na ocasião, o projeto foi apresentado e recebeu o apoio do Conselho Municipal de Educação e da comunidade. O encontro, que se estendeu por toda a manhã, serviu ainda para apresentar a nova equipe de coordenadores da área da educação.

Para viabilizar   o projeto,  a direção das escolas irá se reunir com os Conselhos Escolares de cada unidade para apresentar as necessidades de cada instituição e os serviços que serão necessários para realizar os reparos em cada unidade, que tem a disposição recursos próprios para compra de material e contratação de serviços.

"Nós temos apenas 6 funcionários, entre pintores, eletricistas e outros, para uma demanda de 40 unidades, ou seja, é impossível atendermos a todas até o início das aulas. Mas, com a ajuda da comunidade, temos certeza que conseguiremos deixar todas as escolas em excelente estado para receber os nossos alunos", afirmou a nova secretária Hélida. "Nossa intenção é estar de mãos dadas com a população, para que possamos elevar dia a dia o nível da educação pública em nosso município", completou a secretária.

Tendo como base uma iniciativa da nova secretária de educação, juntamente com o diretor recém nomeado da Escola Municipal Santa Luzia, no bairro Jaqueira, o projeto já começou a ser implantado na unidade do bairro Vila Isabel. "Junto com a secretaria de educação, lançamos a proposta de trazer a comunidade para ajudar a reformar a escola. A ideia foi aceita de imediato por todos, principalmente os pais dos alunos. Com isso, a partir do dia 16, estaremos colocando em prática esse projeto, com pintura, troca de lâmpadas, reforma de cadeiras e mesas, troca de ventiladores, enfim, tudo aquilo que precisa ser feito para melhorar a estrutura da unidade antes da volta às aulas", afirmou o diretor da escola, Cláudio Bonfante de Oliveira. (Fonte e fotos: coordenadoria de imprensa da PMTR)