MÉTODO KUMON: O QUE É E COMO FUNCIONA? | TR Revista

MÉTODO KUMON: O QUE É E COMO FUNCIONA?



Toru Kumon, um professor de Matemática do ensino médio, começou a oferecer ao filho Takeshi, em 1954,  uma educação baseada no conceito de autoinstrução,  quando este cursava a segunda série do ensino fundamental.O professor elaborou para o filho numerosos problemas de cálculo em folhas soltas de papel. Essa foi a origem do método Kumon.

O Kumon é uma metodologia que visa incentivar na criança a autonomia nos estudos, buscando fortalecer o potencial de aprendizado de cada um. Por meio de um processo de aprendizagem planejado e individualizado, o aluno se torna confiante e capaz de enfrentar sozinho o desafio da conquista do conhecimento.

O método Kumon estimula o aluno a gostar de aprender e a se sentir seguro no processo de aprendizagem. No Kumon, o próprio aluno desenvolve sua capacidade. A grande inovação do método  está no fato de não se ensinar ao aluno como resolver o material proposto. Ele é estruturado de forma a fazer com que o aluno solucione os exercícios sozinho. Independente de idade ou da série escolar em que o aluno esteja, ele começará os estudos por questões simples para, aos poucos, passar a ter contato com questões mais complexas, sempre adequadas à sua capacidade. Desta forma terá sempre condições de alcançar a nota 100 (nota máxima).

O objetivo é desenvolver no aluno a autoconfiança, o interesse em estudar e aprender por si até que consiga chegar ao seu desempenho máximo. Assim, em cada estudo realizado, poderá sentir a satisfação e dizer para si mesmo: “Eu consegui!”, experimentando a alegria de aprender e de expandir, cada vez mais, sua própria capacidade.

As quatro características do método Kumon Individualizado, conforme a capacidade (avanço além da série escolar) O método Kumon não se prende à idade ou série escolar. Cada aluno estuda no ponto mais adequado à sua capacidade, podendo avançar além dos conteúdos da sua série escolar. A proposta do método é justamente desenvolver a capacidade de cada um ao limite máximo, mas de forma tranquila e suave, de forma que o aluno conheça o prazer de aprender, a segurança de realizar e a alegria de conseguir bons resultados com seu empenho.

Avançar pelo autodidatismo -  O que se valoriza é a capacidade de aprender por si. O aluno estuda lendo, pensando, resolvendo o material com as próprias forças, avançando por meio do estudo autodidata. A capacidade de chegar sozinho às respostas se transformará, por fim, na capacidade de desafiar-se e buscar seus sonhos e metas.

Material didático que evolui em ritmo suave -  O material didático do método Kumon é basicamente composto por exercícios e está estruturado para que o início seja feito com conteúdos fáceis e o grau de dificuldade avance de modo suave. Com o conteúdo adequado à sua capacidade, o aluno é estimulado a resolver sozinho as questões, refletindo e pensando sobre os questionamentos, usando como base seu próprio conhecimento. De forma que, aos poucos, se sinta seguro para buscar novos conhecimentos e entenda o processo de aprendizagem como algo prazeroso.

O papel do orientador -  Descobrir o que cada um consegue fazer e expandir o potencial ao máximo, esse é o papel do orientador do método Kumon. O orientador observa a habilidade acadêmica, a personalidade e o sentimento de cada aluno para oferecer o estudo mais adequado a cada um. Estimulando sempre o desenvolvimento de sua autonomia e capacidade.

A Unidade do Kumon em Três Rios, que tem como orientadora a professora Marilene Mannes Monaquezi, funciona na Rua Carlos Ribas, 263 – ao lado do Planeta Vida.  As matrículas ficam abertas o ano todo, para português, matemática e inglês. Informações pelo telefone:(24) 2252-2488 (Fonte: https://kumon.com.br/sobre-o-kumon/)