REALIDADES | TR Revista

REALIDADES



FALÊNCIA MÚLTIPLA DOS ÓRGÃOS E/OU INFECÇÃO GENERALIZADA

J L VIANA*

                                                                       “A esperança, só a esperança, nada mais, chega-se a um ponto em que não há mais nada senão ela, é então que descobrimos que ainda temos tudo”.  (José Saramago)

             O que nos resta a fazer diante dessa enfermidade, senão optar pela esperança e nada mais?

             Senhores Racionais, ela está agonizando!

             Não se trata de “emocional “, o que desejamos é curá-la desse mal, porque nós a amamos.  Salvem-na, pelo amor de Deus!

             Senhores responsáveis pela medicação e pelo tratamento, enquanto houver vida há esperança.  Não hesitem em mudar o receituário, desde que seja eficaz, para essa cura desejada.

             Tirem-na da UTI, este é o nosso brado retumbante, é o clamor de seus filhos pela sobrevivência de sua grandiosa “mãe gentil”.

             Saibam, Senhores Racionais, se é que assim podemos chamá-los, decidir com inteligência e sabedoria voltadas para o “bem”.  Refiro-me dessa maneira, porque o que assistimos são o oportunismo maligno, atitudes demagógicas e populistas, objetivando, sempre, fazer com que esse povo sofrido, crédulo e ingênuo, vá acreditar nos “oferecimentos” sociais os quais não permitem o crescimento social.

            Ainda, por ironia do destino, a incompetência e a escassez cognitiva os impede de bem assisti-la e de cumprir com as suas obrigações.

            Faz-nos lembrar do nosso grande Rui Barbosa, quando, dentre as suas predições, afirmava temer que um dia a burrice poderia se tornar ciência.

            Aliás, convém também lembrar que os Senhores são muito bem remunerados por nós, que somos filhos da agonizante “mãe gentil”.  Pedem-nos “emprego”, para depois se voltar contra nós ?

            Tenham mais respeito para com seus “empregadores”, Senhores “empregados”, pois é do conhecimento de todos que, uma vez admitidos, torna-se muito difícil dispensá-los do “emprego”... por motivos óbvios.

           Basta de medicações paliativas.  Basta de enganar aos filhos crédulos e ingênuos, ansiosos que estão por um futuro tranquilizador.

           Reciclem suas faculdades mentais, e certamente conseguirão se redimir e reverter o quadro de descrédito e de horror, e assim neutralizar o prognóstico de “Falência Múltipla dos Órgãos”, tão iminente, já que existe a contaminação com vários vírus identificados e denominados, tais como:corrupção; falências da Educação, do Ensino, da Saúde, da Segurança Pública; destruição ambiental, dentre outros. Tudo isto possibilitaria o diagnóstico da “ Infecção Generalizada “.

           Senhores Racionais da espécie Homo Sapiens, que assim acreditamos, motivo pelo qual por nós escolhidos, recebam nossas súplicas, súplicas “dos filhos deste solo”, ávidos pela salvação dessa Pátria “mãe gentil”, que sempre nos abrigou e confortou com riquezas mil, cujo nome é BRASIL e, com a Proteção Divina – chega-se a um ponto em que não há mais nada senão ela – deixará o leito da UTI para retornar, aí sim, a “deitar eternamente em berço esplêndido “.

                                                                                             

  • * Advogado – psicólogo - jornalista