RENATO ESTTRADA E FAMÍLIA: 8 ANOS DE SUCESSO | TR Revista

RENATO ESTTRADA E FAMÍLIA: 8 ANOS DE SUCESSO



Comemorando oito anos de formação, o trio Renato Esttrada e Família vem se firmando como um dos grupos de música ao vivo de maior sucesso em Três Rios e região. Renato, Vitória e Lorenzo apresentam um repertório eclético, incluindo canções nacionais e internacionais de várias épocas, e serão uma das atrações da Kizomba, festa programada para este domingo (12) na quadra da Mocidade Independente de Vila Isabel.

COMO TUDO COMEÇOU  

Renato Esttrada, nome artístico de Carlos Renato Ferreira, é tecladista, violonista, guitarrista, cantor, arranjador, compositor e poeta, e desde a adolescência participa de festivais, recitais e bandas regionais. Uma das suas primeiras aparições para o público foi aos 17 anos de idade (1988), participando do Festival da Canção de Monte Castelo, com a canção “Consciência” junto a amigos músicos que formaram, após o festival, a lendária Banda Adapth. O grupo ficou em atividade durante 9 anos (1989 a 1998) em Três Rios e região. Um destaque desse grupo foi a gravação do LP De Olho no Mundo - que trazia canções de vários compositores do grupo.

Renato não prosseguiu na carreira artística, tornando-se ferroviário, profissão que exerceu de 1986 a 2017, sendo o seu nome artístico uma homenagem àquele tempo. Em 2002 iniciou suas primeiras produções autorais de forma profissional no qual se destacou o projeto Som Três, um CD que trazia 10 canções autorais, e dividiu essa obra com alguns parceiros musicais como Cristiano Costa Leite (cantor integrante da extinta Banda Adapth) e o músico Kaká (já falecido).

O projeto Som Três acrescentou em sua carreira a canção SOM TRÊS e que hoje se chama SÃO TRÊS. A letra homenageia a cidade de Três Rios e chamou a atenção do cenário musical e poético da região. A música faz parte de grandes eventos na cidade e é considerada o “segundo hino de Três Rios”, interpretada pela orquestra da Banda 1° de maio em seu centenário e pelo maestro pianista Robertho Azis junto ao cantor / interprete Ronald Saar no evento dos trinta anos de carreira da dupla, a maior vencedora de festivais da região. Outro  destaque do projeto CD SOM TRÊS – foi a primeira versão da música LUGARES que recentemente,  após regravação na voz de Vitória  Oliveira, ficou entre as oito melhores canções do festival Rádio MEC 2018 , e também a primeira versão da música Velas ao Vento, regravada por Lorenzon Rodrigues, que  ficou entre as dez melhores canções no XXV Festival Antense da Canção 2018.

Renato Esttrada é casado com Ana Paula de Oliveira Rodrigues Ferreira há trinta anos. O casal tem dois filhos, Vitória Oliveira Rodrigues Ferreira, que nasceu em 2000, e Lorenzo Oliveira Rodrigues Ferreira, nascido em 2004 na cidade de Três Rios. No decorrer dos anos, com a convivência musical no cenário familiar, Vitória e Lorenzo logo começaram a dar seus primeiros passos na música. Com a evolução musical de Vitoria e Lorenzo, Renato passou a dedicar-se ao Projeto Renato Esttrada e Família. O trio se apresenta pelos palcos da região, prosseguindo na trajetória iniciada em meio às brincadeiras musicais que a partir de 2012 começou a ter um formato de um trio muito afinado e bem divertido nas reuniões familiares.

OS FILHOS

Vitória Oliveira Rodrigues Ferreira, nascida em 23 de junhos de 2000, adotou o nome artístico de Vitória Oliveira. Começou a dar os primeiros sinais do seu talento aos três anos de idade. Incentivada pela família, aos cinco anos já tinha uma afinação de chamar atenção. Aos 10 anos participou de um concurso infantil realizado pela TV RIO SUL no SESI Três Rios, sendo vencedora por unanimidade interpretando a música Campeão. Nessa época, a família decidiu levá-la para um dos maiores corais do Brasil. Ingressou aos 11 anos de idade no Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis, no qual cursou e se certificou em canto coral durante três anos. Transferiu-se para o Coral da Universidade Católica de Petrópolis aos 14 anos de idade.  Atualmente participa de gravações, concursos, oficinas de música e teatro, recitais de violão além de congressos nacionais e internacionais junto aos corais petropolitano, além de concertos, clipes e gravações. Em 2015 ficou entre as 100 melhores vozes do país no concurso The Voice Kids Brasil. Hoje,  aos  18 anos de idade, faz parte da Associação Cultural ENEA –Três Rios no qual é professora do curso de Canto Coral com direção do Maestro Vinicius Pereira e do Maestro Marcos Dofini, além de  participar de cursos livres de violão e piano,  além de continuar se apresentando com o pai e o irmão nos palcos  da região. Recentemente Vitória Oliveira integrou o grupo de intérpretes do samba do Bom das Bocas, utilizando toda a técnica adquirida em sua formação.

Lorenzo Oliveira Rodrigues Ferreira, nascido em 16 de abril de 2004, adotou o artístico de Lorenzo Rodrigues.  Sempre adorou estar junto do pai e da irmã nas brincadeiras musicais e, após a irmã,  Vitória,  ingressar em um dos corais de Petrópolis e a família se mudar para a cidade em 2012, com 8 anos de idade,  ingressou no Coral dos Canarinhos de Petrópolis sob a direção e regência do Maestro Marco Aurelio Lischt, no qual estudou integrou e participou durante 5 anos de vários congressos nacionais e internacionais, concertos, clipes, gravações junto ao coral e outros projetos individuais além do curso de piano clássico. Em destaque Lorenzo foi regido por duas vezes pelo consagrado Maestro Issac Karabtchevsky em dois concertos no Teatro Municipal no Rio de Janeiro.  Hoje com 14 anos de idade é integrante da Associação Cultural ENEA –Três Rios no qual é monitor /professor do curso de Canto Coral com direção do Maestro Vinicius Pereira e do Maestro Marcos Dofini , além de participar de cursos livres de piano, e com o pai e a irmã formar o  trio Renato Esttrada e Família.

O TRIO

O nome do trio se deu ao fato de Renato estar assinando todas as suas composições como Renato Esttrada, uma homenagem à caminhada profissional de 30 anos de ferrovia, de idas e vindas pela rodovia para chegar ao trabalho e no próprio lar para reencontrar sempre a família. O trio surgiu devido as brincadeiras de Renato com violão e às vezes teclado para que os filhos cantassem em momentos oportunos de reuniões familiares. Em 2012 a família resolveu organizar um pequeno repertório com músicas e poemas para no dia das mães. Foi o ponto inicial das apresentações em público. Novos convites foram surgindo para outras datas importantes. Em 2013 as oportunidades se estenderam para além da fronteira familiar, quando se apresentaram pela primeira vez para um pequeno público de amigos trirrienses, surgindo assim convites para tocar em casamentos, cantatas de natal, apresentações além de entrevistas em TVs, Rádios, em Três Rios e em outras cidades como Petrópolis, Paraíba do Sul, Volta Redonda e região.

Renato Esttrada & Família é formado de vários momentos especiais, com um repertório eclético onde se destacam músicas nacionais e internacionais. A formação de palco ocorre de acordo com o repertório, o revezamento pelos instrumentos e vozes são definidas pelas músicas e estilos, mas basicamente é a seguinte: Renato Esttrada – Voz, Violão, Guitarra, Piano e Programação; Vitória Oliveira – Voz e Violão; Lorenzo Rodrigues – Voz e Teclados.