SAÚDE/DICAS DO GERIATRA PARA VIVER MAIS E MELHOR | TR Revista

SAÚDE/DICAS DO GERIATRA PARA VIVER MAIS E MELHOR



 

O aumento da expectativa de vida já é um fato comprovado. As pessoas estão vivendo mais,  e para ter uma vida mais longa e saudável, é necessário o acompanhamento com um profissional especializado, o geriatra, que acompanha as mudanças tanto físicas quanto psicológicas sofridas pelos pacientes em decorrência da idade.

Para saber mais sobre esta especialidade médica e os cuidados para uma vida longa, feliz e saudável, a reportagem do TR Revista entrevistou o geriatra Paulo Thomaz M M Figueiredo, um dos vinte especialistas da Aso Consultas Populares.

TR – DOUTOR PAULO, , EXISTE IDADE IDEAL PARA COMEÇAR O TRATAMENTO COM UM GERIATRA?

DR. PAULO  – A partir dos 30 anos já se pode iniciar uma avaliação com um especialista. Esta é a  idade em que se inicia o envelhecimento.

TR – DO PONTO DE VISTA MÉDICO, QUANDO COMEÇA A “TERCEIRA IDADE”?

DR. PAULO – Aos 65 anos.

TR – QUAIS AS PRINCIPAIS QUEIXAS DOS SEUS PACIENTES?

DR. PAULO – Dores articulares, transtornos depressivos e da ansiedade e perda de memória, são as  principais queixas.

TR – EXSTE ALGUMA FÓRMULA PARA UM ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL?

DR. PAULO – Existem fatores comportamentais e hábitos de consumo que auxiliam na possibilidade de um envelhecimento saudável: ingesta de alimentos ricos em proteínas, com baixo teor de gordura, consumo de carboidratos não processados, utilização de arroz e massas integrais. Prática de atividade física constante e não extenuante (cansativa). Uso de bebidas alcoólicas em pequenas quantidades (preferencialmente vinho) e o não uso de cigarros, entre outras.

TR – MUITOS IDOSOS SE QUEIXAM DE DORES FREQUENTES NAS ARTICULAÇÕES, PRINCIPALMENTE NO INVERNO. POR QUE ISTO ACONTECE?

DR. PAULO – Essas dores ocorrem devido ao desgaste das articulações, natural devido a idade, e pode acontecer em maior ou menor intensidade,  dependendo da atividade exercida pelo paciente ao longo da vida, entre outros fatores.

TR – HÁ  ALGUMA ATIVIDADE FÍSICA QUE AJUDE A AMENIZAR AS DORES NAS ARTICULAÇÕES?

DR. PAULO – As atividades recomendadas são a hidroginástica e os exercícios de fortalecimento muscular.

TR – A PERDA DE MEMÓRIA É OUTRA GRANDE QUEIXA DOS IDOSOS. POR QUE VAMOS NOS ESQUECENDO DAS PESSOAS, FATOS E ATÉ MESMO DE CERTOS HÁBITOS, Á MEDIDA EM QUE ENVELHECEMOS?  COMO RETARDAR ESTA CONSEQUÊNCIA TÃO DESAGRADÁVEL DA VELHICE?

DR. PAULO -  Praticando atividades físicas e mantendo a atividade mental , se possível se ocupando com algum trabalho,  mesmo após a aposentadoria. Alguns jogos podem estimular o raciocínio (palavras cruzadas, jogos de memória etc), além de manter-se socialmente ativo, cultivando atividades sociais como frequência a reuniões, idas à igreja etc.

TR – OS IDOSOS PODEM MANTER A MESMA ALIMENTAÇÃO DO TEMPO EM QUE ERAM JOVENS?

DR. PAULO – Normalmente o metabolismo fica mais lento com o passar do tempo, assim como a atividade física também diminui. Portanto, a ingesta calórica dos idosos deve ser menor e mais leve do que a do adulto jovem, além dos cuidados com a qualidade dos alimentos, mencionada anteriormente.

TR – E SOBRE A ATIVIDADE FÍSICA, QUAIS OS EXERCÍCIOS IDEAIS PARA QUEM, POR EXEMPLO, PASSOU DOS 60 ANOS?

DR. PAULO -  Como dissemos anteriormente, a hidroginástica (exercícios de baixo impacto), exercícios de fortalecimento muscular com a orientação de um profissional, pilates e alongamento.

Foto ilustrativa. O Dr. Paulo atende na ASO CONSULTAS POPULARES, Rua Presidente Vargas, 269, no centro de Três Rios. Telefoine: 2252-1094.