VEREADORES ENTREGAM RELATÓRIO DA CPI DOS CEMITÉRIOS | TR Revista

VEREADORES ENTREGAM RELATÓRIO DA CPI DOS CEMITÉRIOS



Os vereadores Clécius Silva e Sousa (Clecinho), Robson Souza (Robson dentista) e Nilcélio Sá entregaram na última quinta-feira, dia 12,  no Ministério Público e na Prefeitura de Três Rios,  o relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) criada para averiguar possíveis irregularidades nos cemitérios de Três Rios. No MP, o documento foi entregue ao promotor de Justiça, Gustavo Santana Nogueira, da 1º Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva, e na Prefeitura, ao secretário de Governo e Planejamento, Sérgio Gomes.

O documento foi lido no plenário da Câmara de Vereadores de Três Rios no dia 22 de agosto, pelo presidente da Comissão, vereador Clecinho, e apontou nomes de funcionários do Poder Executivo, do mandato anterior, envolvidos em vendas ilegais de túmulos, bem como de pessoas físicas que venderam o mesmo terreno a diversas pessoas, com possível indicação de funcionários do governo.

“Entregamos o material de mais de 700 páginas ao promotor, doutor Gustavo Nogueira. São mais de 30 casos ouvidos pelos membros da CPI, e dezenas de envolvidos que não compareceram para esclarecimentos, mas estamos confiantes de que as providências cabíveis serão tomadas”, disse o presidente da CPI,  vereadorClecinho.

Durante a apresentação do relatório aos vereadores, o relator da CPI, vereador Robson dentista, falou sobre a dificuldade em reunir os casos. “Muitos casos foram aparecendo durante o processo de investigação, que resultou no prolongamento da CPI. Foram meses ouvindo relatos sobre o sofrimento de famílias que, no momento mais difícil da vida, ainda tinham que lidar com essa situação covarde. Famílias desesperadas, porque muitas delas fizeram empréstimo para comprar um jazigo para a família”, disse.

A CPI do cemitério foi instaurada em abril de 2018, pelo ex-presidente da Casa Legislativa trirriense Nilcélio Sá – secretário da CPI – após o surgimento de casos de possíveis irregularidades nas vendas de túmulos e jazigos, com o objetivo de fazer um 

Após a leitura do relatório, o documento será encaminhado ao Ministério Público para dar andamento ao processo investigativo que poderá acarretar em punição administrativa dos envolvidos e conclusão dos trabalhos.