DELEGADO FALA SOBRE ATUAÇÃO DA QUADRILHA DE PS | TR Revista

DELEGADO FALA SOBRE ATUAÇÃO DA QUADRILHA DE PS



Os presos durante a Operação Serrana 1 foram ouvidos durante toda a tarde de terça-feira (2) na 107 DP de Paraíba do Sul. Segundo informações não oficiais, 27 envolvidos, sendo 22 homens e 5 mulheres, irão nas próximas horas para o Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro. Apenas um dois presos ficará em Paraíba do Sul, para prestar depoimento, devendo ser transferido na quarta-feira (3).  Durante a operação, foram apreendidos cerca de  1,800 de drogas, , entre cocaína e crack, um revólver e munição.
Foram mobilizados 150 policiais de 50 delegacias  de vários municípios do Estado do Rio, além de 60 viaturas. As investigações começaram há 50 dias. O grupo atuava especificamente no tráfico de drogas, abastecendo principalmente o centro de Paraíba do Sul e os bairros  Jatobá, Liberdade, Morro do Volante e Bela Vista. O Delegado Fábio Corsino, titular da 107 DP, falou sobre o modo de atuação da quadrilha:  

"Estavam usando uma estratégia que era o seguinte: eles ficavam em poder de pouquíssima quantidade e à medida que iam fazendo contato com os usuários, iam ao seu local de esconderijo de maior quantidade,  pegando de pouquinho em pouquinho e servindo aos clientes. Todos vão responder por associação ao tráfico, fora alguns flagrantes autônomos que estão sendo apresentados aqui. Porte de arma ilegal, e mais um pouco à frente a gente vai apurar a possibilidade de lavagem de dinheiro e outros crimes correlatos ao tráfico de entorpecentes". Até a noite desta terça-feira, duas pessoas envolvidas no tráfico de drogas continuavam foragidas, e uma multidão cercava o ônibus encarregado do transporte dos presos.